Treino de duelos – Brasil

Conforme prometido no post anterior (clique aqui) continuo a sequencia de postagens de ideias de atividades e treinos focados nos duelos de pequenos grupos, principalmente individuais (1×1) mas não somente.

No post anterior dei algumas razões do porque penso pessoalmente que é importantíssimo dar ênfase em atividades de enfrentamento em qualquer contexto do futebol. Alem das habilidades adquiridas e desenvolvidas para o jogo, muito pode ser adquirido de habilidades para a vida como resiliência, perseverança, coragem, paciência entre outros.

Treino de duelos – Brasil

No treino de duelos – Brasil eu busquei estimular a situação de enfrentamento imediatamente posterior a recepção de um passe após identificar a dificuldade de manter a posse da bola ou progredir com bola em um jogo por parte de times sub-10 e sub-11.

No vídeo eu procurei ilustrar tanto acertos dos atacantes e defensores quanto erros que aconteceram na aplicação da atividade com meus times.

Uma situação que aconteceu/acontece com todo professor e treinador de futebol é criar uma atividade quando planejando a aula/treino para atingir determinado objetivo. Quando leva para a execução não acontece exatamente como pensou. Exemplo: na atividade 3, quando o passe vem da lateral, o defensor ao perceber que a atividade sempre começa com um passe de A para B, passa a se antecipar ao atacante para interceptar o passe. Nesse momento, alguns professores poderiam proibir o defensor de fazer isso para ver sua atividade acontecer como ele quer. Neste momento o professor está podando o defensor de tomar uma boa decisão além de estar deturpando a lógica do jogo.

O que eu fiz quando isso aconteceu? 1-) Dei a liberdade ao passador de chutar a gol caso isso acontecesse. 2-) Disse ao atacante esperando para receber o passe que o “pratinho” era a posição inicial apenas. Deveria começar naquele ponto mas poderia se deslocar de acordo com a ação do defensor.

Neste momento, a atividade que já era rica em conceitos fica mais rica ainda por ter a complexidade aumentada e o leque de tomada de decisões tambem, treinando ainda mais situações de jogo.

Outra intervenção que gosto de utilizar comumente mas não fiz uso nesse caso é a de acrescentar pontuação para reforçar um comportamento esperado ou para tornar a atividade competitiva. Exemplo: defensor levar gol do passador por tentar interceptar o 1o passe perde todos os pontos. Este risco de perder todos os pontos fará com que o atleta/aluno pense mais em proteger a meta do que se apressar em interceptar o passe e roubar a bola.

E aí, o que achou? Curta, comente, compartilhe e continue seguindo para mais!

Processando…
Sucesso! Você está na lista.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s