Play-practice-play: passo a passo da metodologia

Na semana passada eu fiz a introdução da metodologia estadunidense para ensino-aprendizagem do futebol. Clique aqui para conferir.

Falei brevemente sobre ela e outras questões relacionadas em um vídeo, fazendo uma breve comparação entre o sistema de escolas de futebol nos EUA e o mesmo no Brasil. Clique aqui para conferir.

Hoje eu irei destrinchar o P-P-P nos mínimos detalhes para que você tenha um conhecimento ainda maior dos pormenores dessa forma de estruturar aulas e treinos de futebol para crianças e adolescentes nas escolas de futebol. Aprenda a seguir o passo a passo de como dar uma aula/treino de futebol aplicando a metodologia P-P-P.

1- Organização

• Configure o campo de acordo com o plano da sessão de treinamento Play-Practice-Play.
• Comece com a “fase de jogo” final e adicione “prática”, depois a primeira “fase de jogo” dentro dela.
Pense em como fazer a transição de uma fase para a seguinte o mais rápido possível (com relação a organização do campo e materiais necessários).
• Peça aos jogadores para ajudar, quando apropriado.

2- Começando a 1a fase de jogo com os alunos/jogadores chegando individualmente

• Dê as boas-vindas a cada jogador (e pai), individualmente.
• Quando os jogadores chegarem em horários diferentes, explique brevemente a atividade (30 segundos) e envolva-os primeira fase de jogo (1v1, 2v1, 2v2, etc.).
• Se um jogador chegar mais cedo que outros, envolva-o na organização ou passe um tempo junto com a bola (atenção incondicional).

3- Começando a 1a fase de jogo com o grupo completo

• Reúna todos os jogadores para iniciar a sessão de treinamento.
• Pense na sua posição e na dos seus jogadores (sol / vento na sua cara, não deles; use um círculo / semi-círculo onde todos estão lado a lado etc.).
• Boas-vindas coletivas, breve explicação (30 segundos) da primeira atividade de jogo:
PEP (Picture/Explain/Play): “imagem”, “explique”, “jogue!”

4- Verifique e adapte

• Usando os “cinco elementos de uma atividade de treinamento” do plano da sessão de treinamento, verifique os quatro primeiros:

  1. Organizada: a atividade é organizada da maneira certa?
  2. Lógica do jogo: a atividade é semelhante ao jogo?
  3. Repetição: Existe repetição, quando se olha para o objetivo geral do
    sessão?
  4. Desafiador: os jogadores estão sendo desafiados? (Existe o direito
    equilíbrio entre ser bem sucedido e mal sucedido?)
  5. Treinamento: Existe treinamento eficaz, baseado na idade e nível de
    os jogadores?


• Adapte conforme necessário (esclareça as regras, ajuste o tamanho do espaço, o tamanho dos objetivos, o número de jogadores, equilibrar as equipes).

5- Palavras-chave e perguntas direcionadas

• Reunir jogadores (todos juntos de vários campos ou abordar cada campo individualmente).
• Depois de verificar os quatro primeiros elementos, aplique o quinto elemento (treinamento) usando as palavras-chave e perguntas guiadas do plano da sessão de treinamento.
• Nenhuma resposta é necessária, os jogadores continuam jogando para descobrir suas próprias respostas (por exemplo, “pense sobre o seguinte enquanto você joga, como você pode criar espaço?”).
• Este passo não deve demorar mais de um minuto.

6- Jogar

• Observação contínua com base nos quatro primeiros elementos.
• Perguntas guiadas e lembretes de palavras-chave, além de elogios específicos quando os jogadores mostram os comportamentos desejados com base nas metas e objetivos da sessão de treinamento.

7- Palvras-chave e perguntas direcionadas 2

• Reunir jogadores (todos juntos de vários campos ou abordar cada campo individualmente).
• Mesmas perguntas dos itens 5 e 6.
• Desta vez, os jogadores compartilham suas respostas com o treinador e / ou entre si.
• Interaja com os jogadores sobre o “porquê” do comportamento desejado.
• Este passo não deve demorar mais de dois minutos.

8- Jogar

• Observação continuada
• Palavras-chave e lembretes de perguntas guiadas, além de reforço positivo e específico quando os jogadores mostram comportamentos desejados com base nas metas e objetivos da sessão de treinamento.

9 – Transição

• Transite rapidamente da primeira fase de jogo para a fase de prática organizando jogadores, removendo cones, ajuste de metas, bolas, etc…
• Envolver jogadores, transforme em uma atividade/jogo/desafio por exemplo.

Confira os posts mais recente de CoachDannyBr

10 – Começando a primeira atividade da fase de prática (2a fase)

• Pense na sua posição e na dos seus jogadores (idem tópico 3)
• Revise as palavras-chave da primeira fase do jogo para que os jogadores reconheçam a conexão com o que fizeram anteriormente.
• Breve explicação / demonstração do primeiro exercício prático: PEP
• Este passo não deve demorar mais de um minuto.

11- Observação/adaptação

• Usando os “cinco elementos de uma atividade de treinamento” do plano da sessão de treinamento, observe os quatro primeiros (organizada, semelhante a um jogo, repetição, desafiadora).
• Adapte conforme necessário (esclareça as regras, ajuste o tamanho do espaço, o tamanho dos objetivos, o número de jogadores, equilibrar os grupos).

12- Palavras-chave e perguntas direcionadas

• Reunir jogadores (todos juntos de vários campos ou abordar cada campo individualmente).
• Depois de verificar os quatro primeiros elementos, aplique o quinto elemento (treinamento) usando palavras-chave e perguntas guiadas do plano da sessão de treinamento.
• Interaja com os jogadores sobre o “porquê” do comportamento desejado

13- Jogar

• Observação contínua com base nos quatro primeiros elementos.
• Preste mais atenção aos elementos 3 e 4 (repetição e desafio). Observe o equilíbrio entre
ações bem sucedidas e mal sucedidas, bem como o número de oportunidades que os jogadores experimentam as metas e objetivos da sessão de treinamento.
• Adapte conforme necessário (esclareça as regras, ajuste o tamanho do espaço, o tamanho dos objetivos, o número de jogadores, equilibrar os grupos).
• Aplique o quinto elemento (treinamento) usando palavras-chave e lembretes de perguntas guiadas, além de elogios específicos quando os jogadores mostram o comportamento desejado.

14- Intervenções adicionais

• Os jogadores devem poder ver e ouvir o treinador assim como uns aos outros.
• Forneça uma demonstração (por exemplo, foco técnico).
• Use intervenções de ensino quando apropriado durante toda a fase de prática.
• Isso não deve demorar mais de dois minutos.

15- Jogar

• Observação contínua com base nos quatro primeiros elementos.
• Preste mais atenção aos elementos 3 e 4 (repetição e desafio). Observe o equilíbrio entre
ações bem sucedidas e mal sucedidas, bem como o número de oportunidades que os jogadores de ambas as equipes/grupos experimentam as metas e objetivos da sessão de treinamento.
• Adapte conforme necessário (esclareça as regras, ajuste o tamanho do espaço, o tamanho dos objetivos, o número de jogadores, equilibrar os grupos).
• Aplique o quinto elemento (treinamento) usando palavras-chave e lembretes de perguntas guiadas, além de elogios específicos quando os jogadores mostram o comportamento desejado.

16- Resumo coletivo da fase prática

• Pense na sua posição e na dos seus jogadores (idem tópico 3).
• Recapitule a fase prática (sugestões com base em palavras-chave e respostas a perguntas guiadas).
• Interaja com os jogadores sobre o “porquê” do comportamento desejado.
• Isso não deve demorar mais de dois minutos.

17- Transição

• Transite rapidamente da prática para a segunda fase de jogo organizando jogadores, removendo cones, ajustando objetivos, bolas, etc.
• Envolver jogadores, transforme em uma atividade/jogo/desafio por exemplo.

18 – Começando a segunda fase de jogo

• Pense na sua posição e na dos seus jogadores (idem tópico 3)
• Revise as palavras-chave da fase de treinamento para que os jogadores reconheçam a conexão
para o que eles fizeram anteriormente.
• Breve explicação (30 segundos) da segunda fase de reprodução: PEP
• Nenhum árbitro (os jogadores assumem a responsabilidade pelo seu próprio jogo na aplicação das Leis do Jogo).

19- Treinamento “fluido”

• Lembretes de palavras-chave e perguntas guiadas, além de elogios específicos quando os jogadores mostram o comportamento desejado (com base na meta e nos objetivos da sessão de treinamento).

20- “Resenha do Intervalo”

• Avaliação coletiva do primeiro tempo.
• Selecione as palavras-chave apropriadas e as perguntas guiadas da sessão de treinamento, com base nas observações da primeira metade.
• Jogadores respondem.
• Interaja com os jogadores sobre o “porquê” do comportamento desejado.
• Isso não deve demorar mais de cinco minutos.

21- Jogar

• Perguntas guiadas e lembretes de palavras-chave, além de elogios quando os jogadores mostram o comportamento desejado.

22- Resumo coletivo da sessão

• Avaliação coletiva da sessão de treinamento.
• Verifique a compreensão usando perguntas focadas nas palavras-chave.
• Os jogadores compartilham respostas com o treinador e / ou entre si.
• Interaja com os jogadores sobre o “porquê” do comportamento desejado.

23- Finalizando a sessão

• Recolher todo o equipamento, envolva jogadores.
• Feedback positivo e específico, organize os jogadores para a próxima semana, diga adeus aos jogadores e pais (atenção incondicional).

CoachDannyBr finalizando uma sessão com o resumo coletivo em andamento. Repare nas sombras das crianças indicando que o Sol estava atrás delas como enfatizado diversas vezes ao longo do texto. Pra foto ficar perfeita só faltou não ter umas crianças a frente e outras atrás e sim todas lado a lado. Ficou o aprendizado…

E aí, o que achou? Curta, comente, compartilhe e continue seguindo para mais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s